terça-feira, outubro 04, 2011

R. A. Lição 2 - Não Coma Apenas para Agradar

Embora todas nós saibamos direitinho as regras da Reeducação Alimentar, nem sempre é fácil colocá-las em prática. Existem situações diferentes em que a gente não sabe como agir: como na Lição 1 - Convivendo com Alimentos Gordurosos, quando se ganha por exemplo uma caixa de chocolates.

Na Lição de hoje, começo com a pergunta: você come para agradar os outros?
Descarte comida e guloseimas de vó, porque afinal elas vão te entuchar guela abaixo quer você queira quer não. Mas vó a gente vê só de vez em quando, então não é dessa situação que estou falando.


Você come por exemplo para agradar seu marido ou namorado? Não? Nunca? Tem certeza? Bom, eu descobri que faço isso. FAZIA! Toda semana a gente vai a um barzinho, restaurante ou algo assim, é sagrado. E sempre tento acompanhá-lo, seja com mais uma cerveja ou mesmo com o tipo de prato. Sempre ficava com a impressão de que se eu pedisse um suquinho e uma salada ele ia me achar muito fresca e chata pra se levar num barzinho!

Há algumas semanas no entanto, determinada pela RA, resolvi que não ia jogar fora meu esforço da semana comendo um dos pratos gordurosos. Respirei fundo e pedi uma salada e uma cerveja (adoro!), mas não o meio litro alemão habitual, bebi uma tulipa, 300ml.

Maridão olhou surpreso, é verdade! Mas dali 2 minutos não estava mais nem aí para a minha escolha! E na verdade quando a salada chegou, era tão linda que até ele ficou interessado! No fim, tudo ficou igualzinho a todas as vezes, nos divertimos muito e não precisei me entupir de gordura!

A mesma coisa em casa, ele não está nem aí se eu prefiro comer beterraba (amoooo!!) em vez de purê de batatas! Desde que para ele tenha o tal purê!! kkkkk
Enfim, a Lição 2 que estou aprendendo é essa, desligar comilança de gosto de marido e de atividade social. Reunião social, com família e amigos vale a mesma coisa: aproveite as pessoas, a companhia, não a comida! Beijos!

P.s.: preciso confessar tambem um motivo mesquinho pelo qual nunca comia salada em restaurante. Aqui, como disse, salada, legumes, frutas, são menos comum e mais caros. Então nos restaurantes um prato de salada custa o mesmo que um prato de carne praticamente! E a bobinha aqui não comprava porque achava "desaforo" pagar isso. Mas agora descobri que não me sabotar e manter o sucesso obtido na semana não tem preço!

17 comentários:

Sandra disse...

Oi flor tudo bem? Olha parabéns pela sua decisão em relação a salada. Com certeza nossa saúde e bem estar não tem preço!! Tem muita coisa que só está na nossa cabeça e precisamos mudar isso. Sucesso pra nós!

Ana M disse...

Concordo ctg, temos de gostar + de nós e escolhermos o que nos vai fazer melhor :) Parabéns por teres escolhido a salada :)
Beijinho

Vivi recomeçando, reaprendendo e blogando! disse...

Oi linda, olha só, já olhou lá no desafio a ideia de adoção??
E adivinha quem tenho que adotar??rsrs
Vc linda!!
Adorei quando vi!!
Então a partir de agora estarei mais presente aqui, e se vc aprontar vou puxar sua orelha hein! rsrsrsrs
Brincadeiras a parte, terei o imenso prazer em te apoiar mais ainda!!
Qualquer coisa pode gritar que estarei sempre com vc.

Dona D disse...

Vi, pensava a mesma coisa sobre o preço de saladas...mas é q isso é um pensamento de gorda, sabe?! Até comentei isso com meu marido outro dia...acho que a da cultura do brasileiro não valorizar frutas e saladas...pela abundância...ou pelo preparo fácil...sei lá...
o fato é que trata-se de um prato rico, saudável e super indicado para ser humano, bem melhor que pratos elaborados e merece o preço. E, claro, pelo motivo que vc expôs...não nos sabotarmos!!! rsrsrs

Sobre a dieta sem carbo, menina, eu nunca conseguiiiiiiiiiiiiiii....estou surpresa, sabe?! E engraçado, realmente, não sinto dor de cabeça ou fraqueza...foi um desafio renovador, com certeza!!!

P.S.: Meu marido tá na RA tb...ele é gordinho e está super feliz com os resultados. Tb pq ele precisa se educar, afinal, RA será pra vida toda e não quero correr o risco de no futuro engordar de novo pela convivência com os gostos dele =) rs

Mere disse...

Essa decisão é um grande passo pra quem está de RA, porque isso é um dos grandes sabotadores da RA. Daí, ou você acaba se entregando ou se exclui e vira a chata, antisocial... Pessímo não...

Vivi recomeçando, reaprendendo e blogando! disse...

Vivi que bom que vc gostou!!
olha ontem eu até pensei q fosse sede e bebi mais água sim, bebi muita mas não adiantou!! rsrs
Mas td bem hj já estou no controle, o estômago pode até roncar que vou fingir que não é comigo!!rsrs
bjs

VIVI- vencendo a cada dia!!! disse...

Oi vivi,

Parabéns por está firme na sua decisão de fazer boas escolhas!!
Eu estou começando a fazer isso aqui em casa...meu marido sempre inventa de fazer bolo e quer fazer 2 ou 3 tabuleiros de bolo e cada pedaço de bolo são calorias pra xuxu!!!
Então agora até faço pra ele...mais me limito a um só pedaço e deixo o resto todo pra ele e meu filho!!!

beijos

Ana Paula disse...

Eu aprendi a fazer isso tbm, sabia!
Namorido já fala logo: "Se quiser, pede uma 1/2 porção pra vc que eu peço outra metade do que eu quiser", nunca consigo comer a minha parte toda, ainda sobra! Ele sai feliz e eu tbm! E no esquema da meia porção, fica, praticamente, o preço da porção inteira!
Temos que dar valor ao nosso"trabalho"! faz tempo que não sei o que é uma cervejinha, adoro tbm!!
Qqr dia, eu abro essa excessão!
Bjks!

LIS disse...

oie..
Boa dica prima..ainda não tinha me atentado a isso..mas é verdade..sempre que saio com o maridão..e aqui tb é sagrado sair no minimo 1 vez na semana, pois trabalhamos mmmuuuiito e nos damos esse prazer...rsrsr eu sempre como como uma doida..para acompanhar e assim agradá-lo e daleeee refri..alem da cerva..que é de familia..pq tb AAAdddoooorooo rsrsr vou repensar nisso...
Bjs
Lis

LIS disse...

oie novamente....
Gostei bem mais dessa nova fotinha...está mais linda e simpática..
Bjs
Lis

·.¸¸.·**Vivi**·.¸¸.· disse...

Oi Lis!!
Tem razão sobre a foto, a outra estava muito séria, porque tinha usado para a minha página do trabalho!! hehehe
Beijinhos!

NANY disse...

Oi Vivi, adorei seu post e me identifiquei muito com ele. Nossa passo pelo mesmo desafio de acompanhar meu marido. Mas vou seguir sua atitude. AHHHH já estou t seguindo . bjinhooooo

Tânia disse...

vc consegiu colocar no papel exatamente o q eu passava. Na primeira semana da minha RA fomos a um barzinho que sempre frequentamos. Eu sempre comia mais do que realmente estava com fome só para acompanhar. Pela primeira vez eu pedi uma salada. Nas mesas ao lado tinha um monte de gente se acabando de comer e beber. Eu achei tão estranho a minha atitude que cheguei a ficar com vergonha da minha salada no meio de tanta gente magra se acabando de comer. Achei que todo mundo ia ficar olhando pra mim e me chamando de gorda. Mas respirei fundo e segui a minha determinação. Enquanto o namorado pediu espagueti a bolonhesa eu fui na saladinha com peito de frango. Foi minha primeira vitória. Hoje ele me ofereceu doce e eu recusei. Cada dia uma vitória, e cada não é um sim para o nosso objetivo.

Bjinhos!!

Jocimara Barcelos disse...

oi amiga,tudo bem?Eu era assim amiga,quantas veses jantei só por que meu noivo falava,só janto se vc jantar,eu tive um boa converça com ele e hoje ele aceita mais e continua perguntando vai jantar?ai quando eu respondo que não ele nem fala mais no assunto,eu não quero comer só pra agrada-lo,depois quem vai ficar mal sou eu.bjssss

Roberta Alves disse...

Amiga, acho que você me confundiu com alguém, eu ainda não tinha comentado o seu post, vai lá no meu que você vai ver. Mas falando do post agora...kkkkk....meu marido já até acostumou com minhas saladas, ele reclama quando eu eu não deixo para ele (no caso de ter pouca...kkk),não tenho vontade nenhuma de acompanhá-lo em prato gorduroso algum, aliás ele é magro a gorda sou eu. Quanto ao preço da salada aí também ficaria com pena de pagar.....kkkkkk......que preconceito nosso né?!

Amiga, beijo e até!

Roberta Alves disse...

Sem problemas...kkk

Bel do Lu disse...

Legal! Medeos, coisa linda essa foto dessa salada!!!!!
Eu não necessariamente comia para agradar, porque estava a fim mesmo, haha. Mas hoje, faço coisas diferentes para mim e para o marido. Também já digo não para a vó há muito tempo, ela acostumou. MAS ontem, fui à casa de uma amiga, aniversário, repeti o bolo, mesmo um pedaço bem pequeno, porque se não repetir aqui, dá impressão de desaforo e eu ainda não me livrei de ligar para isso. Ainda assim, cuidaram o meu pedaço, querendo que eu me servisse mais mas dei uma de bravinha e todos rimos. Vou escrever sobre isso outro dia.

Baaaah, mas eu teria esse pensamento "mesquinho" também.