Pesquisar neste blog

Caminhada:

sexta-feira, março 16, 2012

Escravo de Bons Hábitos e Ranking

Essa curta temporada no Brasil me fez perceber que me tornei escrava de alguns bons hábitos. Para entender, acompanhem.

Casa da vó: café muito doce. Pensamento: "ela deve ter errado na dose de açúcar hoje." Casa da tia: café muito doce. Pensamento: "ela sempre foi famosa por café bem doce." Casa da cunhada: café muito doce. Pensamento: "será que é o meu paladar que está diferente?" Casa da mãe, conhecida pelo café forte: café muito doce. Conclusão: "Sim, estou definitivamente habituada a menos açúcar no café!" e em outras coisas também, notei no sorvete, chocolate, tudo. Outro hábito bom: de três em três horas sentia fome! E aí claro comia alguma coisinha.

Achei interessante meus pais, ficaram pasmos com o tamanho do meu prato, e olha que como estava de "férias" estava comendo até um cadinho mais do que normalmente, mas ainda assim, escrava da minha dose moderada habitual! Fato é que não como pouco, eles é que comem mais do que precisam! Assim como eu também fazia antes... Não preciso dizer que ambos estão bem acima do peso, né?

Li esses dias a seguinte frase, atribuída a Aristóteles, que se encaixa perfeitamente. Questionado sobre os objetivos de sua própria vida, respondeu:
"Desejo construir bons hábitos e depois me tornar escravo deles."

"Tudo aquilo que não dominamos (maus hábitos) acaba por nos dominar."

Bom fim de semana light a todas e não esqueçam de olhar o Ranking dessa semana, ali na lateral, no menu Boa Menina! Beijinhos!